Site Feedback

REGRAS DE USO DE Ç, S, SS, X, J

a) Usa-se ç em palavras derivadas de vocábulos terminados em TO:
intento = intenção
canto = canção
exceto = exceção
junto = junção

b) Usa-se ç em palavras terminadas em TENÇÃO referentes a verbos derivados de TER:
deter = detenção
reter = retenção
conter = contenção
manter = manutenção


c) Usa-se ç em palavras derivadas de vocábulos terminados em TOR:
infrator = infração
trator = tração
redator = redação
setor = seção

d) Usa-se ç em palavras derivadas de vocábulos terminados em TIVO:
introspectivo = introspecção
relativo = relação
ativo = ação
intuitivo – intuição

e) Usa-se ç em palavras derivadas de verbos dos quais se retira a desinência R:
reeducar = reeducação
importar = importação
repartir = repartição
fundir = fundição

f) Usa-se ç após ditongo quando houver som de s:
eleição
traição

REGRA DE UTILIZAÇÃO DO S
a) Usa-se s em palavras derivadas de verbos terminados em NDER ou NDIR:
pretender = pretensão, pretensa, pretensioso
defender = defesa, defensivo
compreender = compreensão, compreensivo
repreender = repreensão
expandir = expansão
fundir = fusão
confundir = confusão

b) Usa-se s em palavras derivadas de verbos terminados em ERTER ou ERTIR:
inverter = inversão
converter = conversão
perverter = perversão
divertir = diversão


c) Usa-se s após ditongo quando houver som de z:
Creusa
coisa
maisena

d) Usa-se s em palavras terminadas em ISA, substantivos femininos:
Luísa
Heloísa
Poetisa
Profetisa

Obervação: Juíza escreve-se com z, por ser o feminino de juiz, que também se escreve com z.

e) Usa-se s em palavras derivadas de verbos terminados em CORRER ou PELIR:
concorrer = concurso
discorrer = discurso
expelir = expulso, expulsão
compelir = compulsório

f) Usa-se s na conjugação dos verbos PÔR, QUERER, USAR:
ele pôs
ele quis
ele usou

g) Usa-se s em palavras terminadas em ASE, ESE, ISE, OSE:
frase
tese
crise
osmose

  • Exceções: deslize e gaze.

    h) Usa-se s em palavras terminadas em OSO, OSA:
    horrorosa
    gostoso

  • Exceção: gozo

    Usa-se o sufixo indicador de diminutivo INHO com s quando esta letra fizer parte do radical da palavra de origem; com z quando a palavra de origem não tiver o radical terminado em s:
    Teresa = Teresinha
    Casa = casinha
    Mulher = mulherzinha
    Pão = pãozinho

    Os verbos terminados em ISAR serão escritos com s quando esta letra fizer parte do radical da palavra de origem; os terminados em IZAR serão escritos com z quando a palavra de origem não tiver o radical terminado em s:
    improviso = improvisar
    análise = analisar
    pesquisa = pesquisar
    terror = aterrorizar
    útil = utilizar
    economia = economizar

    As palavras terminadas em ÊS e ESA serão escritas com s quando indicarem nacionalidade, títulos ou nomes próprios; as terminadas em EZ e EZA serão escritas com z quando forem substantivos abstratos provindos de adjetivos, ou seja, quando indicarem qualidade:
    Teresa
    Camponês
    Inglês
    Embriaguez
    Limpeza

    Os verbos terminados em CEDER terão palavras derivadas escritas com CESS:
    exceder = excesso, excessivo
    conceder = concessão
    proceder = processo

    Os verbos terminados em PRIMIRterão palavras derivadas escritas com PRESS:
    imprimir = impressão
    deprimir = depressão
    comprimir = compressa

    Os verbos terminados em GREDIR terão palavras derivadas escritas com GRESS:
    progredir = progresso
    agredir = agressor, agressão, agressivo
    transgredir = transgressão, transgressor

     Os verbos terminados em METER terão palavras derivadas escritas com MISSou MESS:
    comprometer = compromisso
    prometer = promessa
    intrometer = intromissão
    remeter = remessa

    Escreve-se com j a conjugação dos verbos terminados em JAR:
    Viajar = espero que eles viajem
    Encorajar = para que eles se encorajem
    Enferrujar = que não se enferrujem as portas

    Escrevem-se com j as palavras derivadas de vocábulos terminados em JA:
    loja = lojista
    canja = canjica
    sarja = sarjeta
    gorja = gorjeta

    Escrevem-se com g as palavras terminadas em ÁGIO, ÉGIO, ÍGIO, ÓGIO, ÚGIO:
    pedágio
    sacrilégio
    prestígio
    relógio
    refúgio

     Escrevem-se com g os substantivos terminados em GEM:
    a viagem
    a coragem
    a ferrugem

  • Exceções: pajem, lambujem
  •  
  • Palavras iniciadas por ME serão escritas com x:
    Mexerica
    México
    Mexilhão
    Mexer
  • Exceção: mecha de cabelos
  •  
  • As palavras iniciadas por EN serão escritas com x, a não ser que provenham de vocábulos iniciados por ch:
    Enxada
    Enxerto
    Enxurrada
    Encher – provém de cheio
    Enchumaçar – provém de chumaço
  •  
  • Usa-s x após ditongo:
    ameixa
    caixa
    peixe
  • Exceções: recauchutar, guache

     

     

    FONTE: falabonito

Share:

Comments

Muito, muito mas muito bom mesmo! vou imprimir e deixar a vista para não esquecer! 

obrigado Alex...

espero que ajude...

Ah, mais uma dica.. que não é tão util quanto essas, mas é o seguinte
A nasaliazação feita por som de N e M funciona assim:
  • Se ela aparecer no final de palavras então é sempre M (exceto nomes estrangeiros)
  • Também usa-se M quando a letra seguinte é P ou B, em todos os demais é sempre N. Assim os plurais de palavras terminadas em M passam a ser grafados com N. Ex, FIM -> FINS
Notaram o Ah? então, em português os sons que fazemos para expressar ênfase, dúvida, alivio, etc são sempre grafados com H que fica mudo. Assim:
Hum.. Ah! Oh! Eh!...

É isso mesmo. Mais 1 vez...obrigada Alex

Angel acho que não existe regras para o gênero das palavras não é?
Por exemplo, presidente*, estudante, aprendiz, etc que são neutras (2 gêneros, nos dicionários eles aparecem com a sigla 2g)


*presidente tem uma opção para substantivo feminino que é presidenta, mas é menos comum.

Hmmm...creio que não Alex, mas posso ver isso.
Sim, há palavras que têm os 2 géneros ou, como bem disseste, neutras.

Mais um detalhe, com a reforma ortográfica alguma palavras que anteriormente eram grafadas separadas por hífen (com N mesmo, origem estrangeira) ficam unidas agora, assim a regra do M/N se aplica normalmente.
  • O adjetivo Bem-feito passa a ser Benfeito e assim por diante.
O adjetivo bem-vindo continua igual..
 

Procurei para o pessoal mas também não achei nada que fosse util.. pois como a maioria de nossas regras tem muitas exceções, se alguém as tiver..

Totalmente de acordo contigo.

Add a comment