Site Feedback

MOQUECA COM FAROFA

O senhor Elio Gomes e Suza, o revendedor de materiais de construção, acabou de comer a deliciosa moqueca com a Farofa de Dendê, na taberna da senhora de Vasconcelos. Para ajudar em digestão a sua barriga imponente, o senhor bebeu dois copos de cachaça e fazia-se preparado para a sesta habitual depois do bom almoço. Além de contar dinheiro, sua actividade favorita , e algumas damas de sangue ardente, o nosso herói não tinha interesse em quaisquer outras coisas do mundo. E portanto, o senhor Gomes e Suza não tinha a idéia com quantos coisas da história do Brasil encontrava enquanto comendo a gostosa comida na taberna da mencionada senhora. Então, o barrigudo senhor não sabia nada sobre a triste lenda da bela Mani, a filha do grande cacique, da sua morte de repente, e de que foi enterrada dentro da própria oca, como era a tradição do seu povo e o que é que o bom deus Tupã fazia para crescer mandioca no tumulo dela, uma planta que irá alimentar o povo do Brasil por séculos. E claro que não sabia nenhuma coisa sobre o seu favorito azeite de dendê e o dendezeiro que chegou no Brasil com os escravos negros que trabalhavam duro nas minas e nas plantações de cana-de-açúcar . Embora que ele próprio era cafuzo, o Elio Gomes e Suza nunca prestou atenção às suas origens, tradições e história do seu povo, porque ele era só um gerente moderno, que gostava de ganhar dinheiro e nada mais era interessante para ele.

Share:

 

0 comments

    Please enter between 0 and 2000 characters.

     

    Corrections

    MOQUECA COM FAROFA

    O senhor Elio Gomes e Suza, o revendedor de materiais de construção, acabou de comer a deliciosa moqueca com  a  Farofa de Dendê, na taberna da senhora de Vasconcelos. Para ajudar na digestão da sua barriga imponente, o senhor bebeu dois copos de cachaça e fazia-se preparado para a sesta habitual depois do bom almoço. Além de contar dinheiro, sua atividade favorita, e algumas damas de sangue ardente, o nosso herói não tinha interesse em quaisquer outras coisas do mundo. E portanto, o senhor Gomes e Suza não tinha  idéia de com quantas coisas da história do Brasil se encontrava enquanto comia a gostosa comida na taberna da mencionada senhora. Então, O barrigudo senhor não sabia nada sobre a triste lenda da bela Mani, a filha do grande cacique, da sua morte repentina e de que foi enterrada dentro da própria oca, como era a tradição do seu povo. E que o bom deus Tupã fazia para crescer mandioca no túmulo dela, uma planta que iria alimentar o povo do Brasil por séculos. E claro que não sabia nenhuma coisa sobre o seu favorito azeite de dendê e o dendezeiro que chegou ao Brasil com os escravos negros que trabalhavam duro nas minas e nas plantações de cana-de-açúcar . Embora que ele próprio fosse cafuzo, o Elio Gomes e Suza nunca prestou atenção às suas origens, tradições e à história do seu povo, porque ele era só um gerente moderno, que gostava de ganhar dinheiro e nada mais era interessante para ele*.

     

    * Sugestão: "e nada mais o/lhe interessava".

     

     

    Sr Kamenko, o senhor já experimentou moqueca de camarão com dendê? é uma delícia! :)

    MOQUECA COM FAROFA

    O senhor Elio Gomes e Suza (não seria Souza?), o revendedor de materiais de construção, acabou de comer a deliciosa moqueca com a farofa de dendê, na taberna da senhora de Vasconcelos. Para ajudar em na digestão da sua barriga imponente (imponente significa algo de alta importância, que atrai respeito. Acho que você quis dizer impotente aqui) impotente, o senhor bebeu dois copos de cachaça e fazia-se preparado para a sesta habitual depois do de um bom almoço. Além de contar dinheiro, sua actividade (acho que só no português de portugal é usado o "c" mudo assim nas palavras) favorita, e algumas damas de sangue ardente, o nosso herói não tinha interesse em quaisquer outras coisas do mundo. E portanto, o senhor Gomes e Suza não tinha a idéia de com quantas coisas da história do Brasil se encontrava enquanto comendo comia a gostosa comida na taberna da mencionada senhora. Então, o barrigudo senhor não sabia nada sobre a triste lenda da bela Mani, a filha do grande cacique, da sua morte de repente repentina, e (se você não acabou de descrever as coisas que ele não sabia ainda, não dá para colocar o "e" ali) de que foi enterrada dentro da própria oca, como era a tradição do seu povo e o que é que o bom deus Tupã fazia para crescer mandioca no túmulo dela, uma planta planta esta que irá alimentar o povo do Brasil por séculos. E claro que não sabia nenhuma coisa nada sobre o seu favorito azeite de dendê e o dendezeiro que chegou no ao Brasil com os escravos negros que trabalhavam duro nas minas e nas plantações de cana-de-açúcar. Embora que ele próprio era cafuzo (essa formação não parece estar errada, mas está muito feia, fiquei vários segundos tentando entender. Eu mudaria para "Elio Gomes e Suza, embora cafuzo, nunca prestou atenção..."), o Elio Gomes e Suza nunca prestou atenção às suas origens, tradições e história do seu povo, porque ele era só um gerente moderno, que gostava de ganhar dinheiro e nada mais era interessante para interessava ele.

     

    ^.-* Sempre Muito Bom!!

    Write a correction

    Please enter between 25 and 8000 characters.

     

    More notebook entries written in Portuguese

    Show More