Site Feedback

UM CORAÇAO

O ratinho Pedro nasceu num dia cinzento no canto frio do estábulo da fazenda do Sr. Carvalho. A divina luz do mundo mostrou-lhe toda a sua grandeza e poderosos milagres que ele viu tudo ao seu redor. O seu coração pequeno estava imediatamente pronto para abraçar esse mundo maravilhoso com o sua luz, as suas cores e imagens . Neste dia de seu nescimento a pequena criatura de Deus, viu apenas a beleza e a bondade ao seu redor, sem nenhuma idéia como o destino poderia cruel pa ra os pequenos. O pobre ratinho não sabia que ele era, para todas as grandes criaturas estranhas ao redor dele no stábulo do senhor Carvalho, apenas uma vida pouco digna de atenção. E em vez de amor e alegria por que foi preparado , o seu peito pequeno enchia-se com o medo paralisante de cada coisa, de cada anima de cada voz na fazenda do seu nascimento. Os trabalhadores, o gado, os cães e gatos, até as galinhas e gansos consideravam-lhe uma alma desnecessária, que só estragava o ordem na fazenda do dono Carvalho.E então,um pequeno coração estava a morrer lentamente, dia a dia , sem amor, que Deus deu ao todos de nós. Então, meu amigo, quando vês os olhos infelizes em torno de ti, dá-lhes, pelo menos, um sorriso alegre e amável. Isso pode ser o dom de Deus para um coração pequeno.

Share:

 

0 comments

    Please enter between 0 and 2000 characters.

     

    Corrections

    No corrections have been written yet. Please write a correction!

    Write a correction

    Please enter between 25 and 8000 characters.

     

    More notebook entries written in Portuguese

    Show More