Site Feedback

Resolved questions
Qual é a diferença entre a frase "ter que" e "ter de" em Português?

  OOPT

For learning: Portuguese
Base language: Portuguese
Category: Language

Share:

1 comment

    Please enter between 2 and 2000 characters.

     

    Answers

    Sort by:

    Best Answer - Chosen by Voting
    As expressões “ter que” e “ter de” são muito debatidas e não há uma posição única entre os estudiosos, uma única resposta. Uns acreditam que tanto faz, outros de que há diferenciação entre as construções.
    Façamos algumas reflexões:

    O termo “que” exerce, dentre outras, a função de pronome relativo, ou seja, estabelece relação entre as orações ou com algo que foi dito anteriormente, retoma informações ditas. Exemplo:

    Minha mãe tem muitas coisas que fazer. (quem tem “que fazer” algo? Minha mãe. O “que” retoma toda frase anterior: “Minha mãe tem muitas coisas para fazer".

    Então, todas as vezes que houver a necessidade de retomar um antecedente, use “que” e não “de”.

    Logo, em frases que não há necessidade de retomar algo, ou seja, não há um antecedente, use “de”. Exemplos:

    Tenho de pagar meu amigo.
    Os alunos tiveram de fazer a prova em menos tempo.

    Para ficar menos complicado, alguns adotam os significados aproximados das expressões “tenho que” e “tenho de”. Veja:

    Ter de – expressa uma idéia de obrigatoriedade, de necessidade, de dever.
    Tenho de estudar para a prova amanhã. (Tenho necessidade em estudar)

    Ter que – expressa uma idéia de “algo para”, “coisas para”.
    Ele tem muito que estudar. (Ele tem muitas matérias para estudar)

    follow the link to the website => http://www.brasilescola.com/gramatica/ter-que-ou-ter-de.htm

    Aprendi isso de uma forma bem objetiva:

    TER QUE denota relatividade e necessidade e TER DE obrigatoriedade.

    Então se eu digo:
    Você tem QUE ir à reunião. -É um compromisso estabelecido.
    Você tem DE ir à reunião - É uma "obrigação", um dever.

     

    If I may add my twopeneth to the debate,.. The two different constructions seem to be stylistic variations of the same thing. I have come to this conclusion based on the following: In Portugal the 'ter de' form seems to be used almost exclusively. This is also the case for certain regions of Brazil. Other regions seem to exclusively use the 'ter que' form. I have not noticed any of my friends change from one form to another for different situations. This is also the case in my textbooks. I see this same difference between the European and Brazilian books.

    Submit your answer


    Please enter between 2 and 2000 characters.

    If you copy this answer from another italki answer page, please state the URL of where you got your answer from.