Martha
A primeira coisa que vem à mente é que comprar por impulso é uma coisa muito ruim. Eu acho isso porque quando alguém compra por impulso, está deixando suas emoções controlá-lo. Muitas vezes esta é uma decisão que lamentamos mais tarde. Por outro lado, acho que nem sempre é algo ruim, por dois motivos. A primeira é que acho que sempre podemos aprender com nossas ações. Então, mesmo que tenha sido uma má decisão, é possível aprender com isso. Por exemplo, minha melhor amiga pode me dizer mil vezes que eu não devo comprar por impulso, mas nem sempre posso fazer tudo só porque outras pessoas me dizem que é bom ou ruim. Se eu decido não prestar atenção e comprar algo por impulso e depois me arrepender, é assim que eu vou aprender e vou lembrar que eu devo pensar duas vezes antes de fazer isso de novo. Portanto, às vezes a compra por impulso dá a oportunidade de aprender e fazer melhores escolhas no futuro. A segunda razão pela qual eu acho que nem sempre é ruim comprar por impulso vem da minha própria experiência com meu gato. Eu o vi quando ia ao abrigo de animais para ajudar com os animais. Um dia, vi que no próximo fim de semana eles teriam um grande evento de adoção. Eu sabia que se eu esperasse até aquele fim de semana para adotar aquele gato, era bem possível que outra pessoa o adotasse primeiro. Então, eu fui inmediatamente, durante minha hora de almoço e o adotei sem realmente pensar sobre isso logicamente primeiro. Mesmo já tendo visto esse gato, Jasper, não sabia se eu o adotaria o não até aquele momento. E, na verdade, eu fiquei com muito medo no caminho de volta para casa, tipo, "Posso realmente cuidar de um animal como este? Não tenho comida de gatos nem nada parecido em minha casa!" Mas posso dizer que essa foi uma das melhores decisões da minha vida. Então, embora eu digo que geralmente comprar por impulso não é a melhor ideia, por causa das minhas próprias experiências pessoais, posso dizer que às vezes pode ser, o pode levar a, algo muito bom.
Oct 5, 2021 6:40 PM
Corrections · 4
A primeira coisa que vem à mente é que comprar por impulso é uma coisa muito ruim. Eu acho isso porque quando alguém compra por impulso, está deixando suas emoções controlá-lo. Muitas vezes esta é uma decisão que lamentamos mais tarde. Por outro lado, acho que nem sempre é algo ruim, por dois motivos. O primeiro é que acho que sempre podemos aprender com nossas ações. Então, mesmo que tenha sido uma má decisão, é possível aprender com isso. Por exemplo, minha melhor amiga pode me dizer mil vezes que eu não devo comprar por impulso, mas nem sempre posso fazer tudo só porque outras pessoas me dizem que é bom ou ruim. Se eu decido não prestar atenção e comprar algo por impulso e depois me arrepender, é assim que eu vou aprender e vou lembrar que eu devo pensar duas vezes antes de fazer isso de novo. Portanto, às vezes a compra por impulso dá a oportunidade de aprender e fazer melhores escolhas no futuro. A segunda razão pela qual eu acho que nem sempre é ruim comprar por impulso vem da minha própria experiência com meu gato. Eu o vi quando ia ao abrigo de animais para ajudar com os animais. Um dia, vi que no fim de semana seguinte eles teriam um grande evento de adoção. Eu sabia que se eu esperasse até aquele fim de semana para adotar aquele gato, era bem possível que outra pessoa o adotasse primeiro. Então, eu fui imediatamente, durante minha hora de almoço e o adotei sem realmente pensar sobre isso logicamente primeiro. Mesmo já tendo visto esse gato, Jasper, não sabia se eu o adotaria ou não até aquele momento. E, na verdade, eu fiquei com muito medo no caminho de volta para casa, tipo, "Posso realmente cuidar de um animal como este? Não tenho comida de gatos nem nada parecido em minha casa!" Mas posso dizer que essa foi uma das melhores decisões da minha vida. Então, embora eu diga que geralmente comprar por impulso não é a melhor ideia, por causa das minhas próprias experiências pessoais, posso dizer que às vezes pode ser, o pode levar a algo muito bom.
Revisar o conteúdo gramatical sobre sujeito oculto no português pode te ajudar a evitar repetições do pronome 'eu' nos verbos em primeira pessoa do singular. Isso fará seu texto fluir mais naturalmente.
Oct 6, 2021 2:00 PM
Want to progress faster?
Join this learning community and try out free exercises!
Martha
Language Skills
English, French, German, Greek, Hebrew, Italian, Portuguese, Spanish
Learning Language
French, German, Greek, Hebrew, Italian, Portuguese, Spanish