angel
Preposições
Preposições

Palavras invariáveis que exprimem relações entre duas partes de uma oração que dependem uma da outra.

 

 

<table width="100%"> <tbody> <tr> <td width="20"> </td> <td> <table style="width: 401px; height: 140px;" border="1" cellspacing="0" cellpadding="5" align="left"> <tbody> <tr> <td align="middle" width="20%">

a
ante
após
até

</td> <td align="middle" width="20%">com
conforme
contra
consoante
de
desde
durante
</td> <td align="middle" width="20%">em
excepto
entre
mediante

para
perante
</td> <td align="middle" width="20%">por
salvo
sem
segundo
sob
sobre
trás
</td> </tr> </tbody> </table> </td> </tr> </tbody> </table>

 

 

 

Explicação:

 

 

<a style="text-decoration: none;" href="http://www.prof2000.pt/users/drfilipeaz/PagsParali/FuncLing/classes_de_palavras.htm" target="_self">Palavra invariável</a>, pertencente a uma <a style="text-decoration: none;" href="http://www.prof2000.pt/users/drfilipeaz/PagsParali/FuncLing/classes_de_palavras.htm" target="_self">classe fechada</a> de palavras, que pode ter como complemento quer frases, quer grupos nominais, quer <a style="font-weight: bold; text-decoration: none;" href="http://www.prof2000.pt/users/drfilipeaz/PagsParali/FuncLing/adverbio.html" target="_self">advérbios</a>, mas que obriga qualquer grupo nominal que ocorra como seu complemento a apresentar Caso oblíquo ((i), (ii)).
 
 Exemplos:
(i) Ele quer jogar [contra mim].
(ii) *Ele quer jogar [contra eu].
 
O seguinte conjunto de palavras é normalmente listado como constituindo o conjunto das preposições em Português:
a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, por, sem, sob, sobre, trás.
 
1. As preposições distinguem-se das conjunções subordinativas pelo facto de poderem ter um grupo nominal como seu complemento, o que não acontece com as conjunções subordinativas:
(i) [A   acreditar no João], o Miguel venceu a prova.
(ii) [A  Londres] irei certamente.
 
2. Algumas preposições podem ainda distinguir-se das conjunções subordinativas pelo facto de poderem co-ocorrer com conjunções subordinativas completivas (se co-ocorrem, não são, portanto, elementos da mesma classe):
(iii) Ele apercebeu-se [de [preposição] que [<a style="text-decoration: none;" href="http://www.prof2000.pt/users/drfilipeaz/PagsParali/FuncLing/conjuncao.htm" target="_self">conjunção</a>] o Pedro estava cansado].
 
3. Finalmente, e embora tanto preposições como conjunções coordenativas possam introduzir grupos nominais, o grupo nominal complemento de uma preposição apresenta Caso Oblíquo, enquanto o grupo nominal introduzido por uma conjunção coordenativa apresenta Caso nominativo:
(iv) O João [e [<a style="text-decoration: none;" href="http://www.prof2000.pt/users/drfilipeaz/PagsParali/FuncLing/conjuncao.htm" target="_self">conjunção</a>] eu] vamos hoje ao cinema.
(v) [A [preposição] mim] ninguém oferece nada.
 
4. Alguns verbos exigem que os / alguns dos seus complementos sejam grupos preposicionais cujo núcleo é uma preposição também ela escolhida pelo verbo (fenómeno a que se tem chamado "regência de preposições" pelos verbos):
(vi) ir a x, assistir a x
(vii) concordar com x, compactuar com x
(viii) gostar de x, duvidar de x
(ix) acreditar em x, morar em x
(x) distribuir x por y, dividir x por y
 

Obs.: Dados os numerosos significados e utilizações que podem ser assumidos pelas diversas preposições, aconselha-se a consulta da <em>Gramática Universal da Língua Portuguesa</em>, da Texto Editora.

 

 

Contracção das preposições com artigos

 

<table width="100%"> <tbody> <tr> <td width="20"> </td> <td> <table border="1" cellspacing="0" cellpadding="5" align="left"> <tbody> <tr><th rowspan="2" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">Preposições</th><th colspan="4" bgcolor="#e0e0e0" width="80%">Artigos definidos</th><th colspan="4" bgcolor="#e0e0e0" width="80%">Artigos indefinidos</th></tr> <tr> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">o</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">a</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">os</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">as</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">um</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">uma</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">uns</td> <td align="middle" bgcolor="#e0e0e0" width="20%">umas</td> </tr> <tr> <td align="middle" width="20%">a</td> <td align="middle" width="20%">ao</td> <td align="middle" width="20%">à</td> <td align="middle" width="20%">aos</td> <td align="middle" width="20%">às</td> <td align="middle" width="20%">-</td> <td align="middle" width="20%">-</td> <td align="middle" width="20%">-</td> <td align="middle" width="20%">-</td> </tr> <tr> <td align="middle" width="20%">de</td> <td align="middle" width="20%">do</td> <td align="middle" width="20%">da</td> <td align="middle" width="20%">dos</td> <td align="middle" width="20%">das</td> <td align="middle" width="20%">dum</td> <td align="middle" width="20%">duma</td> <td align="middle" width="20%">duns</td> <td align="middle" width="20%">dumas</td> </tr> <tr> <td align="middle" width="20%">em</td> <td align="middle" width="20%">no</td> <td align="middle" width="20%">na</td> <td align="middle" width="20%">nos</td> <td align="middle" width="20%">nas</td> <td align="middle" width="20%">num</td> <td align="middle" width="20%">numa</td> <td align="middle" width="20%">nuns</td> <td align="middle" width="20%">numas</td> </tr> <tr> <td align="middle" width="20%">por</td> <td align="middle" width="20%">pelo</td> <td align="middle" width="20%">pela</td> <td align="middle" width="20%">pelos</td> <td align="middle" width="20%">pelas</td> <td align="middle" width="20%">-</td> <td align="middle" width="20%">-</td> <td align="middle" width="20%">-</td> <td align="middle" width="20%">-</td> </tr> </tbody> </table> </td> </tr> </tbody> </table>

 

Jul 11, 2012 7:36 PM
angel
Language Skills
English, French, Portuguese, Romanian, Spanish
Learning Language
English, French, Romanian, Spanish